China defende maior cooperação com o continente africano

O presidente da China, Xi Jinping, afirmou neste domingo (10) que a União Africana (UA) é uma "bandeira de unidade e força," em mensagem enviada pela realização da 32ª reunião de cúpula dessa organização continental, na capital da Etiópia, Adis Abeba; Xi defende o desenvolvimento de esforços comuns para a construção de uma comunidade China-África mais estreita visando um futuro compartilhado para a humanidade

China defende maior cooperação com o continente africano
China defende maior cooperação com o continente africano

247, com Xinhua - O presidente da China, Xi Jinping, afirmou neste domingo (10) que a União Africana (UA) é uma "bandeira de unidade e força," em mensagem enviada pela realização da 32ª reunião de cúpula dessa organização continental, na capital da Etiópia, Adis Abeba. Xi defender o desenvolvimento de esforços comuns para a construção de uma comunidade China-África mais estreita visando um futuro compartilhado para a humanidade.

Xi disse que desde o ano passado, com a liderança da UA, o processo da integração africana teve um avanço significativo, os países africanos continuaram falando com uma só voz nos importantes assuntos regionais e internacionais, e a influência global da África cresceu progressivamente.

"Felicito com cordialidade a UA pelo progresso e desejo sinceramente que continue unindo e liderando os países africanos para novos e maiores êxitos", disse Xi.

Xi destacou que, em setembro do ano passado, a Cúpula de Pequim do Fórum de Cooperação China-África foi um grande sucesso, durante a qual ele uniu esforços com os líderes dos países africanos e da UA para traçar um plano para o desenvolvimento dos laços sino-africanos.

A China deseja trabalhar com a África para implementar os resultados da Cúpula de Pequim e promover o alinhamento da construção conjunta do Cinturão e Rota com a implementação da Agenda 2063 da UA, a Agenda de Desenvolvimento Sustentável 2030 da ONU e outras estratégias de desenvolvimento dos países africanos, disse Xi.

Ao fazê-lo, as duas partes construirão uma comunidade China-África mais estreita para contribuir mais para a construção de uma comunidade com um futuro compartilhado para a humanidade, acrescentou Xi.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247