China diz que é preciso parar a conspiração da independência de Taiwan

Políticos estadunidenses estão usando o pretexto do combate à pandemia para incitar a independência de Taiwan

Taipé, capital de Taiwan
Taipé, capital de Taiwan (Foto: Xinhua)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rádio Internacional da China - Recentemente três senadores estadunidenses realizaram uma visita relâmpago a Taiwan e se comprometeram a fornecer à ilha vacinas contra a Covid-19. Posteriormente, outros dois senadores publicaram um comunicado dizendo que será realizada uma audiência para debater “o reforço das relações EUA-Taiwan” e fornecer mais vacinas aos militares de Taiwan. 

Será que a intenção dos senadores estadunidenses é ajudar Taiwan no combate à pandemia? A fim de aproveitar bem Taiwan, como uma ferramenta política de Washington, os EUA se comprometeram repetidamente com o fornecimento de vacinas à ilha, com o objetivo real de reprimir a China em uma nova rodada de conspirações. Na verdade, Washington disse que somente fornecerá 750 mil doses, quantidade muito pequena para a população de 23 milhões de Taiwan. 

No momento crítico do combate à pandemia em Taiwan, os políticos de Washington deliberadamente continuam provocando as relações dos dois lados do Estreito de Taiwan, politizando a vacina e sacrificando o bem-estar do povo de Taiwan. A recente visita de três senadores a Taiwan é uma prova disso. Infelizmente as autoridades de Taiwan difamaram a bondade do fornecimento de vacinas pela parte continental, perdendo consecutivamente boas oportunidades de controle de disseminação da pandemia. 

PUBLICIDADE

A questão de Taiwan é um interesse fundamental da China, além de ser a questão mais importante e mais sensível para as relações China-EUA. Pequim não permitirá o rompimento desta linha vermelha por qualquer pessoa ou parte. Washington deve pôr fim imediatamente a todas as comunicações e intercâmbios oficiais e militares com Taiwan, assim como não transmitir mais sinais errados aos separatistas. Se alguém quiser arriscar tentar separar Taiwan da China, a parte chinesa atacará de forma resoluta a todo custo. Washington deve ter plena consciência sobre esta atitude de Pequim.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email