China envia médicos do exército para combater o coronavírus

O envio dos médicos militares foi relatado pela CFTV. Segundo a emissora, 40 médicos foram enviados para a unidade de terapia intensiva do Hospital Pulmonar de Wuhan, a pedido da CMC. O novo coronavírus já matou 26 pessoas e infectou mais de 890 na China. Casos confirmados também foram registrados nos EUA, Coreia do Sul, Japão, Vietnã, Cingapura e Tailândia

Agência Sputnik -  Comissão Militar Central da China (CMC) enviou médicos militares para combater o surto de coronavírus na cidade de Wuhan, onde a doença foi detectada pela primeira vez.

O envio dos médicos militares foi relatado pela emissora chinesa CFTV nesta sexta-feira (24). Segundo a emissora, 40 médicos foram enviados para a unidade de terapia intensiva do Hospital Pulmonar de Wuhan, a pedido da CMC.

Identificado pela primeira vez no final de dezembro de 2019, a doença pulmonar foi recentemente confirmada pela China e pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como um noto tipo de coronavírus que vem sendo chamado de 2019-nCoV ou novo coronavírus.

O novo coronavírus já matou 26 pessoas e infectou mais de 890 na China. Casos confirmados do novo coronavírus também foram registrados nos Estados Unidos, Coreia do Sul, Japão, Vietnã, Cingapura e Tailândia. Apesar dos casos em outros países, a OMS disse na quinta-feira (23) que era muito cedo para declarar uma emergência global sobre a doença.

As autoridades chinesas tomaram medidas drásticas para conter a propagação do vírus, inclusive impondo toque de recolher e restringindo viagens para até 44 milhões de pessoas nas principais cidades da China central, na véspera do Ano Novo Chinês.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247