China joga papel positivo na Península Coreana, diz presidente da Coreia do Sul

A situação na Península Coreana tem melhorado desde o inicio do ano passado, quando o líder norte-coreano Kim Jong-un tomou a iniciativa de reiniciar o contato com a Coreia do Sul e se dispôs a dialogar com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump; na opinião do presidente sul-coreano, Moon-Jae-in, a China tem desempenhado um papel positivo na desnuclearização da península e na melhoria das relações intercoreanas

China joga papel positivo na Península Coreana, diz presidente da Coreia do Sul
China joga papel positivo na Península Coreana, diz presidente da Coreia do Sul (Foto: KCNA)

247, com Xinhua - A China tem desempenhado um papel positivo na desnuclearização da Península Coreana e na melhoria das relações intercoreanas, disse o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, em sua conferência de imprensa de Ano Novo na quinta-feira passada (10).

"A China", disse Moon, "sempre desempenhou um papel positivo na ajuda às cúpulas entre a Coreia do Sul e a República Popular Democrática da Coreia (RPDC), e entre a RPDC e os Estados Unidos."

As últimas conversações da cúpula entre os principais líderes da China e da RPDC desempenham "um papel muito positivo" para o sucesso da segunda cúpula entre Kim Jong-un e o presidente norte-americano Donald Trump, disse o presidente sul-coreano.

Kim e Trump realizaram a primeira reunião de cúpula entre a RPDC e os EUA em Singapura em junho de 2018. Os dois líderes expressaram seu desejo de encontrar-se novamente no futuro próximo.

Moon saudou a oferta do líder da RPDC Kim Jong Un para retomar os projetos de cooperação intercoreana que exigem o levantamento, ou, pelo menos, a flexibilização, das sanções internacionais contra a RPDC.

O Complexo Industrial de Kaesong e o projeto Mount Kumgang Tour foram benéficos tanto para a Coreia do Sul, quanto para a Coreia do Norte (RPDC). Eu saúdo a intenção da Coreia do Norte de retomar (as operações) sem qualquer condição e compensação", disse Moon.

Os comentários de Moon vieram em resposta à abertura que Kim fez durante o seu discurso de Ano Novo no início deste mês.

Kim disse que estava disposto a reabrir o parque industrial intercoreano na cidade fronteiriça da RPDC de Kaesong e retomar os passeios pelos Sul-Coreanos ao resort cênico da RPDC de Mount Kumgang "sem quaisquer condições prévias."

O Complexo Industrial de Kaesong foi fechado pela Coreia do Sul em fevereiro de 2016, após o quarto teste nuclear da RPDC no mês anterior.

O presidente sul-coreano prometeu cooperar com a comunidade internacional, incluindo os Estados Unidos, para resolver rapidamente a questão das sanções internacionais contra a RPDC.

Para resolver rapidamente a questão das sanções, Moon disse que a RPDC é obrigada a tomar ações ousadas de desnuclearização, enquanto os Estados Unidos são obrigados a tomar medidas correspondentes.

Moon disse que se a segunda cúpula RPDC-EUA for realizada em um futuro próximo, Kim e Trump tentariam resolver suas diferenças.

Moon disse que tem a expectativa de que através de visitas entre ele e o líder norte-coreano Kim Jong-un ocorra uma virada histórica nas relações intercoreanas.

Moon disse que a segunda cúpula da RPDC-Estados Unidos e a viagem de Kim a Seul seria um ponto de virada para solidificar firmemente a paz na Península, prometendo apertar sua guarda até que a promessa de desnuclearizar a península seja mantida e a paz seja totalmente institucionalizada.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247