China nega omissão de dados sobre pandemia de coronavírus

A China defende que age com transparência e nega que tenha omitido dados sobre a pandemia de coronavírus

Zhao Lijian, porta-voz chinês
Zhao Lijian, porta-voz chinês (Foto: Reprodução (Twitter))
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, disse nesta sexta-feira (17) que nunca houve um acobertamento do surto do novo coronavírus no país, reiterando que o governo não permite qualquer omissão.

Zhao disse a repórteres em uma coletiva de imprensa diária que a revisão do número de casos em Wuhan, onde a epidemia surgiu no final de 2019, foi resultado de uma verificação estatística para garantir a precisão, acrescentando que essa revisão é uma prática internacional comum.

Algumas pessoas, incluindo o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, questionaram abertamente a precisão de dados divulgados pela China em relação à escala da epidemia no país asiático, informa a Reuters.
 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247