China obtém apoio na ONU contra acusações sobre direitos humanos

Na 47ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, em Genebra, 65 países assinaram uma declaração conjunta em apoio à China

Conselho de Direitos Humanos da ONU
Conselho de Direitos Humanos da ONU (Foto: ONU)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Na última terça-feira (22), na 47ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, em Genebra, Suíça, 65 países assinaram uma declaração conjunta em apoio à China, enfatizando o respeito pela soberania, independência e integridade territorial, e a não interferência nos assuntos internos de países soberanos como norma básica das relações internacionais.

As questões de Hong Kong, Xinjiang e Tibete são assuntos internos da China e não devem ser alvo de interferência por estranhos. s países signatários defenderam o cumprimento dos propósitos e princípios da Carta das Nações Unidas, respeitando o direito dos povos de todos os países de escolherem independentemente seu caminho de desenvolvimento dos direitos humanos, de acordo com suas condições nacionais. Foi reiterada a oposição à politização e a padrões duplos em matéria de direitos humanos, e a acusações politicamente motivadas e irracionais contra a China, com base em informações falsas.

Em nítido contraste, com o propósito político de suprimir e conter a China, alguns países ocidentais como Canadá, Estados Unidos e Reino Unido fabricaram e disseminaram informações falsas, atacaram e mancharam a China sob o pretexto de direitos humanos e sabotaram a atmosfera do diálogo e cooperação internacional sobre direitos humanos, destaca reportagem do Diário do Povo.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE

Apoie o 247

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email