China põe cidade de Wuhan em quarentena para conter o coronavírus

Com o aumento considerável do número de novos casos de coronavírus, a China pôs de quarentena a cidade onde se originou o surto

(Foto: Sputnik/AP)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A cidade chinesa onde se originou o surto de coronavírus, Wuhan, anunciou que suspenderá o transporte público, além de fechar o aeroporto e as estações de trem para viajar para o exterior e outras regiões do país a partir desta quinta-feira.

As autoridades de Wuhan pediram a seus mais de 10 milhões de habitantes que não deixassem a cidade sem razões específicas, informa a Telesul.

Com esta disposição, a partir das 10:00 horas locais desta quinta-feira (23), estão suspensas as viagens de ônibus, trens, balsas e qualquer outro meio para fora da cidade.

O comunicado de imprensa emitido pelo centro de operações de Wuhan para o controle e tratamento da pneumonia causada pelo novo coronavírus afirma que essas medidas constituem um esforço para "conter efetivamente a disseminação do vírus, conter resolutamente o surto e garantir a saúde e a segurança" da cidade ".

Por seu turno, o vice-primeiro ministro da China, Sun Chunlan, pediu todos os esforços para deter o surto durante uma visita de inspeção à cidade de Wuhan.

Ele instou as autoridades locais a concentrarem seus esforços na implementação das medidas mais estritas para prevenir e controlar a propagação do vírus para outras regiões.

Até a noite da quarta-feira, foram registrados 444 casos e 17 mortes na província de Hubei, a maioria na capital, Wuhan.

Além disso, países como Japão, Coréia do Sul e Estados Unidos, bem como a ilha de Taiwan, relataram um caso de coronavírus em pessoas que haviam viajado recentemente para Wuhan.

A Organização Mundial da Saúde decidirá nesta quinta-feira se deve ou não declarar o novo surto como uma emergência internacional. Para esse efeito, convocou um grupo de especialistas independentes para definir a questão.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247