China publica dossiê sobre cooperação internacional para o desenvolvimento

A China publicou neste domingo um dossiê sobre a cooperação internacional do país voltada para o desenvolvimento, com balanço e perspectivas

Bandeira da China
Bandeira da China (Foto: Nagyman China's Red Beacon/Creative Commons)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A China publicou um documento oficial intitulado "Cooperação Internacional da China para o Desenvolvimento na Nova Era". A instituição responsável pela publicação é o Departamento de Comunicação do Conselho de Estado. 

Consistindo em oito capítulos, um prefácio e uma conclusão, o documento expôs os pontos de vista da China sobre a cooperação internacional para o desenvolvimento na nova era, as ações que tomou e seus planos para o futuro, informa a Xinhua.

A China tem aumentado a escala de sua cooperação internacional para o desenvolvimento, dando alta prioridade aos países menos desenvolvidos da Ásia e da África e aos países em desenvolvimento que participam da Iniciativa do Cinturão e Rota, disse.

Desde que a Iniciativa do Cinturão e Rota foi proposta, a China tem realizado cooperação para o desenvolvimento e contribuído para políticas, infraestrutura, comércio, conectividade financeira e interpessoal com base nas necessidades de cada país, criando espaço e oportunidades para promover a cooperação do Cinturão e Rota de alta qualidade, de acordo com o documento.

Como um contribuinte ativo para a implementação da Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável, a China tem ajudado outros países em desenvolvimento a reduzir a pobreza, impulsionar o progresso agrícola, apoiar o acesso igual à educação, melhorar a infraestrutura e acelerar a industrialização, disse.

A China sempre presta assistência da melhor forma possível aos países necessitados e contribui com sua força para enfrentar os principais desafios globais e melhorar o sistema de governança global, observou o documento.

A China aumentou a assistência direcionada aos países em desenvolvimento por meio do desenvolvimento de recursos humanos e da cooperação técnica para compartilhar sua experiência e métodos. O país também manteve diálogos e intercâmbios com instituições internacionais e doadores bilaterais para explorar e conduzir a cooperação tripartida com uma atitude aberta e pragmática, disse o livro branco, observando que isso injetou um novo ímpeto na cooperação internacional para o desenvolvimento.

Olhando para o futuro, o livro branco disse que a China continuará a defender a visão de uma comunidade global de futuro compartilhado e seguir o princípio de buscar o bem maior e os interesses compartilhados de "fazer tudo dentro de seus meios" para promover a cooperação internacional para o desenvolvimento e injetar a força chinesa no desenvolvimento global.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email