China rebate calúnias de secretário da Defesa dos EUA

Respondendo ao secretário da Defesa dos Estados Unidos, Mark Esper, a porta-voz da Chancelaria chinesa, Hua Chunying, disse que a comunidade internacional tem um julgamento justo sobre quem está infringindo as regras internacionais e quem as está defendendo

(Foto: Xinhua)

Xinhua -  A comunidade internacional tem um julgamento justo sobre quem está infringindo as regras internacionais e quem as está defendendo, disse na quinta-feira a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying

Hua fez a declaração ao responder uma pergunta sobre as calúnias dirigidas à China pelo secretário de Defesa dos Estados Unidos, Mark Esper, durante a recente visita dele ao Japão. Esper disse que as atividades militares e a estratégia calculada de economia predatória da China violam a ordem internacional apoiada em regras.

"Algumas pessoas nos Estados Unidos estão atribuindo diversas etiquetas à China com uma mentalidade da Guerra Fria e de um jogo de soma zero, enquanto ignoram os fatos básicos. Tal medida é injusta, imoral e mal-intencionada", disse Hua.

Em primeiro lugar, a China é comprometida com um desenvolvimento pacífico e uma política de defesa de natureza defensiva. A China é um construtor da paz mundial, um contribuinte ao desenvolvimento mundial e um defensor da ordem internacional. Ao contrário, os Estados Unidos possuem centenas de bases militares em todo o mundo, desdobram centenas de milhares de tropas fora do seu próprio território e iniciaram muitas guerras em outros países, disse Hua.

"Ao ser tal país que desdobra tropas e exibe força em todo mundo, os Estados Unidos não têm absolutamente nenhuma razão nem direito de criticar outros países", disse.

Em segundo lugar, a China persegue o maior bem e interesses compartilhados ao conduzir uma cooperação de benefício mútuo com outros países em desenvolvimento, disse Hua. "Fazemos tudo o que podemos para dar a eles assistência sem precondições políticas. Nossa cooperação impulsionou com eficácia o desenvolvimento econômico e social local e melhorou a vida das pessoas. É calorosamente recebida pelos países em desenvolvimento", disse.

Hua novamente enfatizou que o mundo sabe claramente quem está infringindo as regras internacionais e quem as está defendendo e para isso citou o ditado chinês "fique de pé, e sua sombra não será torta".

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247