China reduz meta de crescimento para 2017

A China pretende expandir sua economia em cerca de 6,5 por cento em 2017, segundo anunciou o primeiro-ministro Li Keqiang em declaração na abertura da reunião anual do parlamento chinês neste domingo (sábado à noite no horário de Brasília)

yuanes
yuanes (Foto: Leonardo Attuch)

Da Agência Sputinik

A China pretende expandir sua economia em cerca de 6,5 por cento em 2017, segundo anunciou o primeiro-ministro Li Keqiang em declaração na abertura da reunião anual do parlamento chinês neste domingo (sábado à noite no horário de Brasília).

 
A meta de crescimento econômico da China para 2016 foi de 6,5 a 7%, e o país cresceu 6,7%, sua menor taxa em 26 anos.

Os principais líderes do Congresso Nacional do Povo estão tolerando um crescimento econômico ligeiramente mais lento este ano a fim de ganhar mais espaço para avançar algumas reformas consideradas necessárias para lidar com um rápido acúmulo de dívidas.

O déficit orçamentário da China deverá chegar a 2,38 trilhões de yuans (cerca de U $ 346 bilhões) este ano – o equivalente a cerca de 3% do PIB do país –, de acordo com o projeto orçamentário para 2017.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247