China refuta acusações dos EUA sobre exercícios militares do Mar do Sul da China

A China contesta as acusações dos EUA sobre os recentes exercícios realizados pelos militares chineses no Mar do Sul da China

(Foto: Giuliana Miranda)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um porta-voz militar chinês refutou nesta quinta-feira as acusações feitas pelo Departamento de Defesa dos EUA a respeito dos exercícios militares no Mar do Sul da China. Ren Guoqiang, falando em nome do Ministério da Defesa Nacional chinês, disse que os EUA ignoraram completamente os fatos e confundiram o certo e o errado na tentativa de criar uma disputa entre os países da região e lucrar com isso.
"Estamos muito insatisfeitos com isso e expressamos nossa oposição resoluta", disse Ren ao responder à pergunta de um repórter, informa a Xinhua.

Ren disse que a China anunciou os treinamentos, realizados nos mares das Ilhas Xisha, que pertencem ao seu território, em 27 de junho. Os exercícios militares faziam parte do plano de treinamento anual programado e não tinham como alvo nenhum país em particular.

Ren disse que a situação do Mar do Sul da China foi estabilizada e está melhorando graças aos esforços conjuntos da China e dos países da Associação das Nações do Sudeste Asiático.

Os Estados Unidos, no entanto, têm enviado um grande número de aviões e navios para o Mar do Sul da China para fazer provocações e mostrar seu poder militar, representando ameaças à paz e estabilidade regionais.

"Esperamos que os EUA possam refletir sobre seus comportamentos, parar com as provocações militares no Mar do Sul da China e com suas acusações infundadas contra o lado chinês", disse Ren.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email