China reitera defesa da soberania e integridade da Síria

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chuning, comentou o acordo turco-americano para criar uma suposta "Zona Segura" no norte da Síria e confirmou que Pequim respeita a posição do governo sírio sobre o tema.

(Foto: Xinhua)

Sana - A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chuning, comentou o acordo turco-americano para criar uma suposta "Zona Segura" no norte da Síria e confirmou que Pequim respeita a posição do governo sírio sobre o tema. 

Para o gigante asiático, é necessário proteger a soberania e a integridade territorial da Síria. "As partes relevantes da comunidade internacional devem trabalhar juntas a fim de criar as condições para chegar a um acordo político para a crise na Síria e evitar acrescentar elementos mais complexos à situação", disse a porta-voz chinesa.  

A Síria expressou na semana passada, sua rejeição categórica ao acordo anunciado pela ocupação dos EUA e da Turquia sobre o estabelecimento da chamada "zona de segurança".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247