China tirará da pobreza 95% da população carente até o final do ano

A China dá mais um passo na construção do socialismo com características nacionais, em que o desenvolvimento econômico e social preside todas as ações do governo. A pobreza está em vias de ser extinta no país asiático

China, luta contra a pobreza
China, luta contra a pobreza (Foto: Xinhua)

Xinhua - Cerca de 95% da população carente da China sairá da pobreza até o final deste ano, afirmou um alto funcionário nesta sexta-feira.

Mais de 90% dos distritos pobres serão retirados da lista de pobreza até o final deste ano, disse Liu Yongfu, diretor do Escritório do Grupo de Liderança do Conselho de Estado para o Alívio da Pobreza e o Desenvolvimento, em um seminário.

Com esforços incessantes até o ano que vem, o país eliminará a pobreza extrema em 2020, disse Liu.

A China realizou conquistas históricas na luta contra a pobreza nas últimas décadas, o que tornou o país o principal contribuidor para a erradicação da pobreza mundial.

Dados oficiais mostram que a China tirou da pobreza 13,86 milhões de pessoas nas áreas rurais em 2018, com o número de residentes carentes rurais caindo de 98,99 milhões no final de 2012 para 16,6 milhões no final de 2018.

Ao vivo na TV 247 Youtube 247