China ultrapassa os EUA na publicação de trabalhos científicos

A China ultrapassou os Estados Unidos na publicação de trabalhos científicos. O Japão , que publicou o levantamento, está em quarto lugar

Bandeiras dos Estados Unidos e da China
Bandeiras dos Estados Unidos e da China (Foto: REUTERS/Aly Song)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A China ocupa o primeiro lugar no mundo em publicação de trabalhos científicos, deixando para trás os Estados Unidos, agora em segundo lugar.  

Um relatório do Instituto Nacional de Política de Ciência e Tecnologia do Japão revelou que a China publicou mais artigos acadêmicos no campo das ciências naturais do que os Estados Unidos entre 2016 e 2018, liderando a lista pela primeira vez. A Alemanha ficou em terceiro e o Japão caiu uma classificação em relação à pesquisa anterior realizada em 2010 para a quarta posição. O número de artigos que um país publica na área é um índice de sua capacidade de pesquisa e desenvolvimento. 

Em seu relatório, o instituto analisou 10.000 artigos de ciências naturais publicados na Nature e em outras revistas científicas em todo o mundo durante o período. Como muitas eram colaborações internacionais, contagens fracionárias foram usadas para avaliar o grau de contribuição e, em seguida, estimar o número de artigos por país. 

Os resultados colocaram a China no topo com 305.927 artigos (19,9% de participação), superando os Estados Unidos que tiveram 281.487 artigos (18,3%). A Alemanha ficou em terceiro lugar com 67.041 artigos (4,4%), o Japão ficou em quarto com 64.874 (4,2%) e a Grã-Bretanha ficou em quinto lugar com 62.443 (4,1%). Assim, a China e os Estados Unidos ultrapassaram em muito os outros países. 

A China teve mais pesquisadores com 1,87 milhões (2018), seguida pelos Estados Unidos com 1,43 milhões (2017), Japão com 680.000 (2019), Alemanha com 430.000 (2018) e Coreia do Sul, que teve 410.000 (2018).

 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247