China vê com otimismo perspectivas do comércio externo em 2019

O Ministério do Comércio da China destacou nesta quinta-feira (17) que o país está confiante em sua capacidade de manter estável o crescimento do comércio exterior neste ano, ao mesmo tempo em que pode melhorar sua, apesar das maiores incertezas externas

China vê com otimismo perspectivas do comércio externo em 2019
China vê com otimismo perspectivas do comércio externo em 2019

247, com Xinhua - O Ministério do Comércio da China destacou nesta quinta-feira (17) que o país está confiante em sua capacidade de manter estável o crescimento do comércio exterior neste ano, ao mesmo tempo em que pode melhorar sua, apesar das maiores incertezas externas.

"O desenvolvimento do comércio exterior da China continua mantendo uma base sólida e firme", disse Gao Feng, porta-voz do Ministério, em uma entrevista coletiva.

Para ele, a confiança deriva do aprofundamento da reforma estrutural no lado da oferta, da melhora da estrutura do comércio exterior do país e do aumento do ímpeto interno para o crescimento.

O Ministério divulgou uma lista de 30 mercados-chave para a expansão do comércio exterior este ano, segundo a qual a China explorará ativamente o potencial das economias emergentes e em desenvolvimento relacionadas à Iniciativa do Cinturão e Rota e, ao mesmo tempo, continuará explorando os mercados tradicionais nos países desenvolvidos.

Gao assinalou que o governo oferecerá maiores apoios às empresas, incluindo promoção comercial, serviços de informação pública e garantias institucionais do governo para a diversificação do mercado de comércio.

"Vamos lançar mais medidas de forma direcionada e oportuna para ajudar as empresas de comércio exterior a transformarem os desafios em oportunidades e alcançarem um desenvolvimento inovador", ressaltou Gao.

Ao comentar o declínio do crescimento do comércio exterior da China em dezembro, Gao afirmou que a expansão no quarto trimestre ainda ficou dentro da faixa razoável, apesar da flutuação mensal.

"A flutuação foi provocada principalmente por uma demanda mais fraca no mercado internacional e uma alta base no ano anterior", observou.

O volume de importação e exportação da China atingiu uma alta histórica de 30,51 trilhões de yuans (cerca de US$ 4,5 trilhões) em 2018, um aumento de 9,7% em relação ao ano anterior, segundo dados oficiais.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247