Chuva provoca 57 mortes na Argentina

Cerca de duas mil das três mil pessoas que foram retiradas de La Plata na terça e na quarta-feira após o temporal que castigou a cidade puderam voltar para suas casas nesta quinta; tanto em La Plata como na cidade de Buenos Aires foram montados centros de recolhimento de doações

Chuva provoca 57 mortes na Argentina
Chuva provoca 57 mortes na Argentina (Foto: ENRIQUE MARCARIAN)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Monica Yanakiew
Correspondente da Agência Brasil/EBC

Buenos Aires – Aumentou para 49 o número de mortes em decorrência do temporal que atingiu na noite de terça-feira (2) a cidade de La Plata, a 50 quilômetros da capital argentina, Buenos Aires. A Defesa Civil continua as buscas a 20 desaparecidos. Em todo o país, foram registradas 57 mortes.

Na segunda-feira (1º), uma forte chuva atingiu Buenos Aires, provocando a morte de oito pessoas. O governador da província de Buenos Aires, Daniel Scioli, disse que "a prioridade é a ajuda humanitária" e que equipes da Defesa Civil estão indo de casa em casa, em busca de desaparecidos e também para avaliar os estragos. A água, que em poucas horas subiu 2 metros, já baixou, mas 13 mil pessoas continuam sem luz. Muitos moradores perderam tudo o que tinham.

Cerca de 2 mil das três mil pessoas que foram retiradas de La Plata anteontem e ontem (3) puderam voltar para casas. Tanto em La Plata como na cidade de Buenos Aires foram montados centros de recolhimento de doações. As pessoas fizeram fila para receber colchões, roupa, comida, água e detergente. A Defesa Civil alertou para a importância de higiene, para evitar epidemias.

Edição: Juliana Andrade

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247