Ciberataques atingem empresas de 74 países

Um ataque cibernético de grande proporções atingiu nesta sexta-feira, 12, pelo menos 74 países, incluindo o Brasil; ataque de "ransomware" - uma espécie de vírus que bloqueia o computador da vítima e pede um resgate - atingiu empresas e hospitais na Europa; segundo Costin Raiu, diretor da empresa de segurança digital Kaspersky, foram registrados 45 mil ataques. Hospitais da Grã-Bretanha foram atingidos; no Brasil, os ciberataques fizeram com que sites do Ministério Público e do Tribunal de Justiça saíssem do ar nesta sexta; após ciberataque à Telefônica na Espanha, a Vivo no Brasil orientou funcionários a não acessarem a rede corporativa da empresa no Brasil

Um ataque cibernético de grande proporções atingiu nesta sexta-feira, 12, pelo menos 74 países, incluindo o Brasil; ataque de "ransomware" - uma espécie de vírus que bloqueia o computador da vítima e pede um resgate - atingiu empresas e hospitais na Europa; segundo Costin Raiu, diretor da empresa de segurança digital Kaspersky, foram registrados 45 mil ataques. Hospitais da Grã-Bretanha foram atingidos; no Brasil, os ciberataques fizeram com que sites do Ministério Público e do Tribunal de Justiça saíssem do ar nesta sexta; após ciberataque à Telefônica na Espanha, a Vivo no Brasil orientou funcionários a não acessarem a rede corporativa da empresa no Brasil
Um ataque cibernético de grande proporções atingiu nesta sexta-feira, 12, pelo menos 74 países, incluindo o Brasil; ataque de "ransomware" - uma espécie de vírus que bloqueia o computador da vítima e pede um resgate - atingiu empresas e hospitais na Europa; segundo Costin Raiu, diretor da empresa de segurança digital Kaspersky, foram registrados 45 mil ataques. Hospitais da Grã-Bretanha foram atingidos; no Brasil, os ciberataques fizeram com que sites do Ministério Público e do Tribunal de Justiça saíssem do ar nesta sexta; após ciberataque à Telefônica na Espanha, a Vivo no Brasil orientou funcionários a não acessarem a rede corporativa da empresa no Brasil (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 com agências - Um ataque cibernético de grande proporções atingiu nesta sexta-feira, 12, pelo menos 74 países, incluindo o Brasil. O ataque de "ransomware" - uma espécie de vírus que bloqueia o computador da vítima e pede um resgate - atingiu empresas e hospitais na Europa.

"O ataque, um malware do tipo ramsonware, utiliza as vulnerabilidades da automação dos computadores. Uma vez instalado no computador, bloqueia o acesso aos seus arquivos e pede um resgate. Não está comprometida a segurança dos dados e nem se trata de um vazamento de informações", disse o Ministério da Indústria da Espanha em um comunicado.

Segundo Costin Raiu, diretor da empresa de segurança digital Kaspersky, foram registrados 45 mil ataques. Hospitais da Grã-Bretanha foram atingidos. O Serviço Nacional de Saúde da Grã-Bretanha também afirmou que trata-se de ransomware. Ainda segundo as autoridades britânicas, 16 unidades de saúde pública foram atingidas. Alguns pacientes de emergência tiveram que ser transferidos e consultas foram canceladas.

No Brasil, os ciberataques fizeram com que sites do Ministério Público e do Tribunal de Justiça saíssem do ar nesta sexta. Após ciberataque à Telefônica na Espanha, a Vivo no Brasil orientou funcionários a não acessarem a rede corporativa da empresa no Brasil - a medida foi direcionada para os escritórios da empresa, sem afetar os usuários dos serviços da Vivo.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247