Cientistas ganham Nobel de Química por capturar imagens de biomoléculas

Os cientistas Jacques Dubochet, Joachim Frank e Richard Henderson receberam o prêmio Nobel de Química de 2017 por desenvolverem a criomicroscopia eletrônica, que simplifica e melhora a imagem de biomoléculas; "Esse método levou a bioquímica a uma nova era", disse a Academia Real Sueca de Ciências

Vencedores do Nobel de Química de 2017, Jacques Dubochet, Joachim Frank e Richard Henderson TT News Agency/Claudio Bresciani via REUTERS 04/10/2017
Vencedores do Nobel de Química de 2017, Jacques Dubochet, Joachim Frank e Richard Henderson TT News Agency/Claudio Bresciani via REUTERS 04/10/2017 (Foto: Gisele Federicce)

ESTOCOLMO (Reuters) - Os cientistas Jacques Dubochet, Joachim Frank e Richard Henderson receberam o prêmio Nobel de Química de 2017 por desenvolverem a criomicroscopia eletrônica, que simplifica e melhora a imagem de biomoléculas, informou a instituição responsável pela premiação nesta quarta-feira.

"Esse método levou a bioquímica a uma nova era", disse a Academia Real Sueca de Ciências, em comunicado, concedendo o prêmio equivalente a 1,1 milhão de dólares.

"Pesquisadores agora podem congelar biomoléculas no meio do movimento e visualizar processos que nunca viram anteriormente, o que é decisivo tanto para a compreensão básica da química da vida quanto para o desenvolvimento de produtos farmacêuticos".

Reportagem de Niklas Pollard e Simon Johnson; Reportagem adicional de Anna Ringstrom, Johan Ahlander, Helena Soderpalm e Johannes Hellstrom

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247