Cipriani Hall, em Wall Street, também impede homenagem a Bolsonaro

Depois de ter sido recusado pelo Museu Nacional de História Natural em Nova York, o evento Personal of the Year, premiação da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos que vai homenagear Jair Bolsonaro, foi barrado também no Cipriani Hall, aumentando a percepção mundial de que o presidente brasileiro é um pária; movimento para que a homenagem não aconteça na cidade tem sido liderado pelo prefeito, Bill de Blasio

Cipriani Hall, em Wall Street, também impede homenagem a Bolsonaro
Cipriani Hall, em Wall Street, também impede homenagem a Bolsonaro

247 - Depois de ter sido recusado pelo Museu Nacional de História Natural em Nova York, o evento Personal of the Year, premiação da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos que vai homenagear Jair Bolsonaro, foi barrado também para acontecer no Cipriani Hall, que fica em Wall Street e seria a segunda opção da entidade.

O movimento para que a homenagem não aconteça na cidade tem sido liderado pelo prefeito de Nova York, Bill de Blasio, que celebrou no Twitter a decisão do Museu de barrar a homenagem no espaço, lembrando que o presidente brasileiro "é um homem muito perigoso", além de racista e homofóbico.

"Jair Bolsonaro é um homem perigoso. Seu racismo visível, homofobia e decisões destrutivas terão um impacto devastador no futuro do nosso planeta. Em nome da nossa cidade, obrigado @AMNH por cancelar este evento", postou o prefeito no Twitter.

Ele tem argumentando que não seria possível garantir a segurança do evento, uma vez que muitos movimentos sociais estariam organizando protestos contra sua realização.

A decisão da Câmara do Comércio em realizar o evento no Cipriani Hall foi tomada nesta terça-feira 16, após a recusa do museu. "A premiação é concedida há 49 anos e tem objetivo de reconhecer sempre dois líderes, um brasileiro e um americano, que trabalham pela aproximação e relação entre os dois países", informa a jornalista Sonia Racy. Neste ano, além de Bolsonaro, será homenageado o secretário de Estado de Donald Trump, Mike Pompeo.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247