Colômbia terá segundo turno eleitoral em 17 de junho

A jornada eleitoral na Colômbia foi tranquila. Os resultados mostram que no segundo turno se enfrentarão dois candidatos com visões opostas sobre os acordos de paz. A abstenção foi de 47%

A jornada eleitoral na Colômbia foi tranquila. Os resultados mostram que no segundo turno se enfrentarão dois candidatos com visões opostas sobre os acordos de paz. A abstenção foi de 47%
A jornada eleitoral na Colômbia foi tranquila. Os resultados mostram que no segundo turno se enfrentarão dois candidatos com visões opostas sobre os acordos de paz. A abstenção foi de 47% (Foto: Reinaldo)

247 - A Colômbia terá segundo turno eleitoral para escolher o novo presidente da República em 17 de junho. O candidato direitista Ivan Duque, do partido Centro Democrático, liderado pelo ex-presidente Álvaro Uribe, obteve 39% dos votos; Gustavo Petro, de centro-esquerda, da coalizão Colômbia Humana, fica em segundo lugar com 25%.

O maior significado destas eleições será a decisão sobre se o país continuará trabalhando pela paz ou percorrerá os caminhos dos ódios e da intolerância. As posições dos dois candidatos sobre o tema são antagônicas. Ivan Duque se opõe tenazmente aos acordos de paz firmados entre o governo nacional e as Farc. Petro defende os acordos e a pacificação do país.

O segundo turno eleitoral se realizará em 17 de junho.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247