Colombiano também imita Guaidó e se autoproclama 'presidente'

Um homem vestiu uma réplica da faixa presidencial colombiana e disse que , tal como Guaidó fez na Venezuela, ele também se autoproclamava presidente interino da Colômbia, em protesto contra o golpe de Estado apoiado pelos EUA; Alejandro Muñoz, pesquisador social, artista e escritor, apareceu numa praça de Bogotá sendo empossado como presidente interino da Colômbia

Colombiano também imita Guaidó e se autoproclama 'presidente'
Colombiano também imita Guaidó e se autoproclama 'presidente'

247, com Russia Today - Um homem vestiu uma réplica da faixa presidencial colombiana e disse que , tal como Guaidó fez na Venezuela, ele também se autoproclamava presidente interino da Colômbia, em protesto contra o golpe de Estado apoiado pelos EUA.

Alejandro Muñoz, pesquisador social, artista e escritor, apareceu numa praça de Bogotá sendo empossado como presidente interino da Colômbia.

Muños protestou contra a reunião do Grupo Lima em Bogotá na segunda-feira (25), com a presença do vice-presidente dos EUA, Mike Pence, e do líder da oposição venezuelana, o autoproclamado "presidente interino", Juan Guaidó.

Animado por amigos ativistas, Muñoz não perdeu tempo em assumir seu novo "papel", apertando a mão de um policial e agindo como um presidente, emitindo ordens.

Seu primeiro decreto, disse Muñoz, seria "declarar a paz".

"Sim à paz, não à guerra, não mais tráfico de drogas, não mais neoliberalismo", ele gritou de sua tribuna improvisada com uma bandeira tricolor colombiana tremulando atrás dele.

Como parte de sua agenda de promoção da paz, Muñoz disse que providenciará que o governo dos EUA "tire suas bases militares deste país".

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247