Com mais de 69 mil confirmações, EUA batem recorde de novos casos de Covid pelo 3º dia seguido

Um total de nove Estados dos EUA - Alasca, Geórgia, Idaho, Iowa, Louisiana, Montana, Ohio, Utah e Wisconsin - também alcançou recorde de infecções diárias

Pessoas fazem fila para serem testadas para o coronavírus, no Queens, Nova York
Pessoas fazem fila para serem testadas para o coronavírus, no Queens, Nova York (Foto: REUTERS/Jeenah Moon)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - Mais de 69.000 novos casos de Covid-19 foram registrados nos Estados Unidos na sexta-feira, de acordo com contagem da Reuters, estabelecendo um recorde pelo terceiro dia consecutivo, ao mesmo tempo em que a Walt Disney manteve os planos de reabrir seu parque temático na Flórida, duramente atingida pela doença.

Um total de nove Estados dos EUA - Alasca, Geórgia, Idaho, Iowa, Louisiana, Montana, Ohio, Utah e Wisconsin - também alcançou recorde de infecções diárias.

No Texas, outra região bastante afetada, o governador Greg Abbott alertou na sexta-feira que pode ter de impor novas restrições, se o Estado não conseguir conter os casos e hospitalizações através de máscaras e distanciamento social.

“Se não adotarmos melhor essas práticas, isso poderá levar ao fechamento dos negócios”, disse o governador republicano à KLBK-TV em Lubbock, acrescentando que é a última coisa que ele gostaria de fazer.

A Califórnia anunciou na sexta-feira que o Estado libertará até 8.000 presos precocemente das prisões para diminuir a disseminação da Covid-19 dentro das instalações. Na Prisão Estadual de San Quentin, nos arredores de San Francisco, metade dos cerca de 3.300 prisioneiros da unidade testou positivo para o vírus.

A Walt Disney Co informou que os parques temáticos em Orlando abrirão no sábado para um número limitado de visitantes que, juntamente com os funcionários, deverão usar máscaras e passar por verificações de temperatura. O parque também cancelou desfiles, fogos de artifício e eventos que normalmente atraem multidões.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email