Comando Sul do Exército dos EUA diz estar pronto para atacar Venezuela

O chefe do Comando Sul dos Estados Unidos, Craig Faller, disse que o Exército norte-americano está a postos para acatar as ordens do presidente Donald Trump sobre a Venezuela; "O Exército está preparando-se para tudo o que o presidente disse que está sobre a mesa", declarou Faller em uma sessão do Comitê de Serviços Armados da Câmara dos deputados dos Estados Unidos, segundo informou na quarta-feira (1º/5) o portal Washington Examiner

Comando Sul do Exército dos EUA diz estar pronto para atacar Venezuela
Comando Sul do Exército dos EUA diz estar pronto para atacar Venezuela

HispanTV - O chefe do Comando Sul dos Estados Unidos, Craig Faller, disse que o Exército norte-americano está a postos para acatar as ordens do presidente Donald Trump sobre a Venezuela.

"O Exército está preparando-se para tudo o que o presidente disse que está sobre a mesa", declarou Faller em uma sessão do Comitê de Serviços Armados da Câmara dos deputados dos Estados Unidos, segundo informou na quarta-feira (1º/5) o portal Washington Examiner.

De acordo com o chefe do Comando Sul, as forças estadunidenses desenvolvem planos de contingência para estar de imediato preparadas caso o golpista Juan Guaidó consiga tomar o poder na Venezuela. Faller não especificou os planos e disse que preferia revelar os detalhes em uma sessão fechada do Congresso.

O militar estadunidense afirmou que o Departamento de Defesa dos EUA (o Pentágono) está centrado em colaborar em temas de inteligência com os parceiros de Washington na região e acrescentou que já está analisando como será "o dia depois" da eventual queda do presidente venezuelano Nicolás Maduro.

Nos últimos meses, a Administração estadunidense do presidente Trump intensificou suas ações para derrubar o governo de Maduro, aplicando sanções e mantendo a opção militar sobre a mesa.

Na quarta-feira, depois da fracassada tentativa de golpe contra Maduro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, disse que a ação militar na Venezuela era possível. "Se isso é o que se requer, é isso o que os estados Unidos farão", assinalou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247