Comissão que apura invasão ao Capitólio vai processar Steve Bannon, aliado de Bolsonaro e Trump

Steve Bannon não cumpriu uma intimação judicial, ao declarar, por meio de seu advogado, que não iria fornecer informações solicitadas pelos congressistas que investigam invasão do parlamento norte-americano

Eduardo Bolsonaro e Steve Bannon
Eduardo Bolsonaro e Steve Bannon (Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A comissão parlamentar que investiga a invasão ao Capitólio (parlamento dos Estados Unidos) no dia 6 de janeiro anunciou, nesta quinta-feira, 14, que vai processar Steve Bannon por não cumprir uma intimação judicial, ao declarar, por meio de seu advogado, que não iria fornecer informações solicitadas pelos congressistas.

Segundo o presidente do colegiado, Bennie G. Thompson (Partido Democrata), afirmou que a comissão vai votar um relatório sobre o desacato. “A comissão usará todas as ferramentas à disposição para obter as informações necessárias, e as testemunhas que tentarem impedi-lo não terão sucesso”, disse.

Bannon é o estrategista político de Donald Trump, ex-presidente dos EUA, e de outros políticos da extrema direita ao redor do mundo. É aliado da família Bolsonaro. Em viagem aos EUA, o deputado federal Eduardo Bolsonaro se encontrou com o estrategista.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email