Como os líderes mundiais estão reagindo à posse de Joe Biden

Veja como os líderes mundiais estão reagindo à posse do presidente dos EUA, Joe Biden, na quarta-feira, substituindo Donald Trump

(Foto: Mike Segar/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

(Reuters) - Veja como os líderes mundiais estão reagindo à posse do presidente dos EUA, Joe Biden, na quarta-feira, substituindo Donald Trump.

“Parabéns ao presidente Joe Biden e à vice-presidente Kamala Harris pela posse. Japão e Estados Unidos são aliados firmemente ligados por laços e valores universais compartilhados. Estou ansioso para trabalhar com você e sua equipe para reforçar nossa aliança e realizar um Indo-Pacífico Livre e Aberto”, disse o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga.

“Os Estados Unidos estão de volta. E a Europa está pronta. Para se reconectar com um parceiro antigo e confiável, para dar nova vida a nossa querida aliança. Estou ansioso para trabalhar junto com Joe Biden”, declarou a presidente da Comissão Europeia Ursula Von Der Leyen.

“Estou ansioso para trabalhar com ele, e com sua nova administração, fortalecendo a parceria entre nossos países e trabalhando em nossas prioridades comuns: do combate à mudança climática, recuperando melhor da pandemia e fortalecendo nossa segurança transatlântica”, afirmou o primeiro-ministro inglês Boris Johnson.

“Hoje é um bom dia para a democracia. Nos Estados Unidos da América, enfrentou enormes desafios - e resistiu. Apesar das tentativas de dilacerar o tecido institucional da América, trabalhadores eleitorais e governadores, o judiciário e o Congresso se mostraram fortes. Estou muito aliviado porque, hoje, Joe Biden está sendo empossado como presidente e será transferido para a Casa Branca. Sei que muitas pessoas na Alemanha compartilham esse sentimento”, ressaltou o presidente alemão Frank-Walter Steinmeier.

“Sob sua liderança, que o povo americano continue a extrair força dos elevados valores políticos, éticos e religiosos que inspiraram a nação desde sua fundação. Da mesma forma, peço a Deus, a fonte de toda sabedoria e verdade, que guie seus esforços para promover a compreensão, a reconciliação e a paz nos Estados Unidos e entre as nações do mundo, a fim de promover o bem comum universal”, destacou o Papa Francisco.

“Ao fazer o juramento, sei que o presidente Biden vai sentir o peso da história - a presença de seus ancestrais irlandeses que deixaram Mayo e Louth em tempos de fome em busca de vida e esperança. Espero que ele também esteja consciente do grande orgulho que temos na Irlanda por sua imensa conquista. Ele é um de nós, parte de nossa família global”, disse o primeiro-ministro da Irlanda, Michael Martin.

“A vitória de Biden representa a vitória da democracia sobre a ultradireita e seus três métodos, a decepção massiva, a divisão nacional e o abuso, mesmo violento, das instituições democráticas ... Há cinco anos, pensávamos que Trump era uma piada de mau gosto, mas cinco anos depois percebemos que ele prejudicava nada menos do que a democracia mais poderosa do mundo”, disse o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sanchez.

“Aguardamos com expectativa a presidência de Biden, com a qual começaremos a trabalhar imediatamente tendo em vista a nossa presidência do G20. Temos uma agenda comum forte, que vai desde o multilateralismo efetivo que ambos queremos ver até as mudanças climáticas, transição verde e digital e inclusão social”, afirmou o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte.

“Muitas felicidades neste dia tão significativo para o povo americano! Estamos juntos. Estaremos mais fortes para enfrentar os desafios do nosso tempo. Mais forte para construir nosso futuro. Mais forte para proteger nosso planeta. Bem-vindo de volta ao Acordo de Paris!”, exaltou o presidente da França, Emmanuel Macron.

“A Rússia e seu presidente são a favor da preservação deste acordo ... Se nossos colegas americanos demonstrarem de fato uma vontade política de preservar este pacto estendendo-o, isso será bem-vindo”, disse o porta-voz da Rússia, Dmitry Peskov.

Já o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, afirmou que os dois países “continuarão esta parceria enquanto lutamos contra a pandemia global de COVID-19 e apoiamos uma recuperação econômica sustentável que irá reconstruir melhor para todos”

“Também trabalharemos juntos para promover a ação climática e o crescimento econômico limpo, promover a inclusão e a diversidade e criar bons empregos para a classe média e oportunidades para nosso povo, ao mesmo tempo que contribuímos para a democracia, a paz e a segurança no país e no mundo.”

“Parabéns presidente Joe Biden e vice-presidente Kamala Harris por sua inauguração histórica. Presidente Biden, você e eu temos uma amizade pessoal calorosa que remonta a muitas décadas. Estou ansioso para trabalhar com você para fortalecer ainda mais a aliança EUA-Israel, para continuar a expandir a paz entre Israel e o mundo árabe e para enfrentar os desafios comuns, principalmente a ameaça representada pelo Irã”, disse o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu

O escritório do israelense também divulgou: "Presidente Trump, obrigado por todas as grandes coisas que você fez por Israel, especialmente seu reconhecimento histórico de Jerusalém como a capital de Israel e trazendo quatro acordos de paz entre Israel e o mundo árabe."

“Não há pesar pela saída de Trump, pois ele tem sido a maior fonte e patrocinador de injustiça, violência e extremismo no mundo e parceiro direto da ocupação israelense na agressão contra nosso povo”, disse o porta-voz do Hamas, Fawzi Barhoum.

"O presidente Joe Biden deve reverter o curso das políticas equivocadas e injustas contra nosso povo e lançar as bases para a segurança e estabilidade na região”, destacou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email