Comportamento do governo Bolsonaro deixa ONU preocupada com combate à pandemia no Brasil

A ONU afirma estar preocupada com o comportamento do governo de Jair Bolsonaro diante da pandemia de coronavírus. Numa coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (27) em Genebra, a organização multilateral deixou claro que mensagens conflitantes por parte do governo minam a capacidade do país de dar uma resposta ao coronavírus

(Foto: Reuters | PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Georgette Gagnon, diretora de Operações do Alto Comissariado da ONU para Direitos Humanos, indicou em entrevista coletiva nesta segunda-feira (27) que seu escritório está "preocupado" com as "mensagens conflitantes de autoridades, por vezes reduzindo a seriedade da situação, e isso pode minar os esforços do Brasil para lidar com a pandemia". 

De acordo com ela, isso poderia potencialmente levar a uma situação difícil ao país. A informação é do jornalista Jamil Chade, que acompanha as atividades das Nações Unidas em Genebra.

A ONU está preocupada também com as tendências antidemocráticas do governo brasileiro e faz o alerta. "É nossa posição que governos, em todos os lados, precisam proteger valores democráticos e direitos humanos, evitar respostas que alimentem tendências antidemocráticas, certamente num país e numa região", disse Gagnon.

Há uma semana, Jair Bolsonaro sugeriu seu apoio a manifestações que, entre seus participantes, defendiam o fechamento do Congresso e do STF, além de vozes que pediam medidas de cunho autoritárias, destaca Jamil Chade.
 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247