Congresso do Peru aprova uso medicinal da maconha

O Peru aprovou um projeto de lei para legalizar o uso medicinal da maconha, seguindo outros países da região que também deram luz verde ao uso de cannabis para fins terapêuticos; o Peru se juntou ao Chile e a Colômbia na legalização da maconha para uso medicinal; o Uruguai permite o uso recreativo e medicinal da erva

Maconha
Maconha (Foto: Giuliana Miranda)

Da Sputnik Brasil

O Congresso do Peru aprovou nesta quinta-feira (19) um projeto de lei para legalizar o uso medicinal da maconha, seguindo outros países da região que também deram luz verde ao uso de cannabis para fins terapêuticos.

Com 68 votos a favor, 5 contra e três abstenções, o Congresso aprovou o projeto de lei que autoriza a produção, importação e comercialização de óleo de maconha.

A iniciativa foi apresentada pelo Governo após a repercussão do caso de um grupo de pacientes com epilepsia que produzia óleo de cannabis clandestinamente e que foi descoberto pela polícia.

"Com a aprovação desta lei, milhares de pacientes e suas famílias terão uma esperança, uma melhor qualidade de vida", disse o congressista Alberto Belaunde.

Agora o Peru se junta ao Chile e a Colômbia na legalização da maconha para uso medicinal. Já o Uruguai permite o uso recreativo e medicinal da erva.

O presidente peruano, Pedro Pedro Kuczynski, um economista liberal de 79 anos, afirmou há alguns meses que fumar maconha "não é o fim do mundo".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247