Congresso do Peru não alcança consenso para eleger novo presidente

Após a votação da única lista apresentada pelos membros da Mesa Diretiva, o Congresso peruano não alcançou consenso para eleger um novo presidente e a crise iniciada com a destituição do presidente Martín Vizcarra continua

Congresso do Peru
Congresso do Peru (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Após a votação da única lista apresentada pelos membros da Mesa Diretiva, o Congresso peruano não alcançou consenso.

Através de sua conta oficial no Twitter, o Congresso do Peru informou sobre o andamento do processo.

​O resultado da primeira votação foi 42 votos a favor [da lista de candidatos da Mesa Diretiva], 52 contra e 25 abstenções. A sessão do Plenário Virtual foi suspensa e se convocou a Junta de Porta-Vozes.

Neste domingo (15), Manuel Merino renunciou à presidência após atos violentos registrados em protestos contra seu governo, que assumiu em 9 de novembro após a destituição pelo parlamento do mandatário Martín Vizcarra, por acusações de delito de corrupção.

Neste panorama e segundo as leis peruanas, as bancadas do Congresso devem apresentar listas para eleger os ministros da Mesa Diretiva.

A Mesa Diretiva inclui o presidente do Legislativo e três vice-presidentes; as bancadas do parlamento apresentaram somente uma lista que não conseguiu os votos necessários para ser eleita: 66 votos em um parlamento de 130 deputados.

Na atual situação, o congressista de entre os membros da Mesa que se candidate à presidência do parlamento assumiria a presidência da República caso ganhe, enquanto o primeiro vice-ministro assumiria a presidência do Congresso.

Devido à impossibilidade de chegar a um consenso, nesta segunda-feira (16) serão votadas novas listas.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email