Conservadores liderados por Sebastian Kurz vencem eleição na Áustria, mas precisam de coalizão para governar

O Partido Popular Austríaco, de Sebastian Kurz, obteve 37% dos votos, de acordo com uma projeção do instituto de pesquisas Sora. Os sociais-democratas ficaram em segundo lugar com 21,8%, seu pior resultado desde a Segunda Guerra Mundial, mas ainda bem à frente do FPO, com 16,0%. Os Verdes tiveram 14,1%

Former Austrian chancellor Sebastian Kurz from the Austrian People's Party, OEVP, speaks at a closing rally ahead of elections in Vienna, Austria, on Thursday. The Austrian elections are on Sunday.
Former Austrian chancellor Sebastian Kurz from the Austrian People's Party, OEVP, speaks at a closing rally ahead of elections in Vienna, Austria, on Thursday. The Austrian elections are on Sunday. (Foto: Ronald Zak)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

VIENA (Reuters) - O líder conservador austríaco Sebastian Kurz triunfou nas eleições parlamentares deste domingo, nas quais a extrema direita contaminada por escândalos sofreu uma expressiva derrota, e os Verdes tiveram ganhos, deixando a Kurz a opção de formar uma coalizão com eles ou com outros.

A eleição se seguiu ao colapso em maio da coalizão de Kurz com o extrema direita Partido da Liberdade da Áustria (FPO) após escândalo de vídeo que forçou o vice-chanceler do FPO, Heinz-Christian Strache, a renunciar.

Kurz, de 33 anos, saiu ileso do escândalo, até mesmo conquistando eleitores do FPO, que sofreu outras alegações na semana passada por gastos excessivos e possivelmente fraudulentos.

Como previsto por pesquisas de opinião há meses, o Partido Popular Austríaco ficou em um primeiro lugar confortável, com 37,0% dos votos, de acordo com uma projeção do instituto de pesquisas SORA para a emissora nacional ORF e publicada logo após o término da votação.

Os sociais-democratas ficaram em segundo lugar com 21,8%, seu pior resultado desde a Segunda Guerra Mundial, mas ainda bem à frente do FPO, com 16,0%. Os Verdes tiveram 14,1%, mostrou a projeção. A margem de erro era de 1,4 ponto percentual.

Kurz disse que conversará com todos os partidos se vencer a eleição. Suas duas escolhas mais prováveis ​​são se aliar novamente ao FPO ou aos Verdes e ao NEOS. Uma coalizão centrista com os social-democratas é possível, mas improvável, sob sua liderança atual.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email