Convocação de manifestação de protesto por Trump desperta a lembrança do ataque ao Capitólio

Advogado sugere que ex-presidente saliente que está pedindo protesto pacífico

www.brasil247.com - Invasão do Capitólio e Donald Trump
Invasão do Capitólio e Donald Trump (Foto: Reuters)


247 - A convocação do ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para a realização de manifestação de protesto relembra a mesma convocação a seus apoiadores antes do ataque ao Capitólio em 6 de janeiro de 2021, alertou seu ex-advogado Michael Cohen.

"Teria sido inteligente para Donald escrever 'protesto pacífico', mas ele não quer um protesto pacífico", disse Cohen à MSNBC, referindo-se a uma mensagem provocativa do ex-presidente em sua rede Truth Social, em que afirmou que pode ser preso na próxima terça-feira, informa a Prensa Latina.

A eventual prisão tem a ver com a possível decisão do promotor distrital de Manhattan, Alvin Bragg, que poderia acusá-lo pela investigação de um pagamento clandestino feito à atriz pornô Stormy Daniels durante a eleição presidencial de 2016.

Em post publicado na véspera, Trump apontou que "vazamentos ilegais" indicam que "o principal candidato republicano e ex-presidente dos Estados Unidos da América (ou seja, ele) será preso na terça-feira da próxima semana".

"Protestem, retomem nossa nação!", exortou Trump em mensagem a seus partidários, provando, segundo Cohen, que "quer outro confronto violento em seu nome".

Cohen, que testemunhou perante o grande júri de Nova York no início desta semana, fez o pagamento de US$ 130.000 a Daniels pouco antes da eleição de 2016 para abafar sua história de um suposto caso com Trump. 

Condenado a três anos de prisão após se declarar culpado de várias acusações em 2018, Cohen passou apenas um ano atrás das grades porque foi libertado no início da pandemia de covid-19 para cumprir o restante de sua sentença em prisão domiciliar.

Por sua vez, o ex-vice-presidente Mike Pence, que está considerando a possibilidade de concorrer à indicação do Partido Republicano em 2024, disse que considera a possível acusação contra Trump “profundamente preocupante” e enfatizou que a violência “não será tolerada”. 

"A ideia de impugnar um ex-presidente dos Estados Unidos é profundamente preocupante para mim, assim como para dezenas de milhões de americanos", disse Pence a repórteres em Des Moines, Iowa, neste sábado (18). 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247