Copa América: Argentina protesta contra juiz à Conmebol e 'culpa' Bolsonaro por eliminação

A Associação Argentina de Futebol (AFA) enviou uma ampla queixa à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) nesta quarta-feira (3), na qual afirmou que a albiceleste foi "claramente prejudicada" pelos árbitros na derrota para o Brasil, em uma das semifinais da Copa América

Argentina de Lionel Messi eliminada da Copa América para o Brasil de Jair Bolsonaro
Argentina de Lionel Messi eliminada da Copa América para o Brasil de Jair Bolsonaro (Foto: Reuters e Reprodução Twitter)

Sputnik Brasil - A Associação Argentina de Futebol (AFA) enviou uma ampla queixa à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) nesta quarta-feira (3), na qual afirmou que a albiceleste foi "claramente prejudicada" pelos árbitros na derrota para o Brasil, em uma das semifinais da Copa América.

"Infelizmente, o que aconteceu no jogo de ontem [...] coloca em questão que os princípios de ética, lealdade e transparência que você invoca recorrentemente foram observados", declarou o presidente da AFA, Claudio Tapia, na carta endereçada a Alejandro Domínguez, chefe do corpo diretivo do futebol sul-americano.


A denúncia argentina foi dirigida em primeira instância à arbitragem de desempenho do equatoriano Roddy Zambrano e "por não usar o VAR (sistema de arbitragem de vídeo) em dois momentos específicos que teriam, sem dúvida, revertido o resultado final".

A nota de seis páginas também indicava que tudo era "agravado" pela presença no estádio do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, devido à realização de manifestações políticas no campo de jogo, em um fato que contraria "os princípios de FIFA e Conmebol de não-interferência".

Finalmente, a AFA solicitou que as "reflexões" fossem consideradas por Domínguez e pelo Conselho da Conmebol e acompanhavam a reivindicação com considerações técnicas da Diretoria de Arbitragem da Argentina, que "credenciam os erros brutos e graves".

A seleção argentina, que tem Lionel Messi como capitão, jogará no sábado pelo terceiro lugar contra o Chile, que foi goleado pelo Peru na outra semifinal do torneio, cuja final acontece no domingo, no Maracanã.

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247