Coreia do Norte diz que colocará bomba de hidrogênio em novo míssil

Líder norte-coreano Kim Jong-un fez uma inspeção a um laboratório nuclear do país asiático e acompanhou o que seria uma bomba de hidrogênio, que será colocada em um novo míssil balístico intercontinental, segundo a agência estatal norte-coreana KCNA; de acordo com o artigo, o Instituto Nuclear da Coreia do Norte teria sido bem sucedido em produzir uma arma nuclear ainda mais desenvolvida do que aquelas que o país já teria em seu arsenal

Líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un comanda uma reunião urgente, em Pyongyang. 20/04/2017 REUTERS/KCNA
Líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un comanda uma reunião urgente, em Pyongyang. 20/04/2017 REUTERS/KCNA (Foto: Paulo Emílio)

Sputnik - O líder norte-coreano Kim Jong-un fez uma inspeção a um laboratório nuclear do país asiático e acompanhou o que seria uma bomba de hidrogênio, que será colocada em um novo míssil balístico intercontinental (ICBM, na sigla em inglês), informou neste domingo (horário local) a agência estatal norte-coreana KCNA.

De acordo com o mesmo artigo, o Instituto Nuclear da Coreia do Norte teria sido bem sucedido em produzir uma arma nuclear ainda mais desenvolvida do que aquelas que o país já teria em seu arsenal.

A arma mais avançada teria "grande poder de destruição" e foi mostrada ao líder Kim Jong-un, complementou a KCNA.

O poder da bomba de hidrogênio é ajustável a centenas de quilotons e pode ser detonada em altitudes elevadas. Ainda de acordo com a agência norte-coreana, os componentes da bomba são produzidos na região, o que permite que o país construa tantas armas nucleares como quiser.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247