Coreia do Norte está a postos para atacar base dos EUA

A ordem do líder norte-coreano, Kim Jong-Un, emitida numa reunião de emergência com os principais chefes militares, foi uma resposta direta ao uso de bombardeiros B-2 norte-americanos com capacidade nuclear nas manobras conjuntas, em curso, com a Coreia do Sul

Coreia do Norte está a postos para atacar base dos EUA
Coreia do Norte está a postos para atacar base dos EUA
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Lusa

Brasília – O líder norte-coreano, Kim Jong-Un, ordenou ontem (28) que as unidades militares estejam preparadas para ataques com mísseis estratégicos ao território continental dos Estados Unidos e às bases no Pacífico e na Coreia do Sul.

A ordem, emitida numa reunião de emergência com os principais chefes militares, foi uma resposta direta ao uso de bombardeiros B-2 norte-americanos com capacidade nuclear nas manobras conjuntas, em curso, dos EUA com a Coreia do Sul.
Perante a possibilidade de uma “provocação irrefletida” dos EUA, as forças norte-coreanas “devem atacar sem piedade o continente norte-americano […], as bases militares no Pacífico, incluindo Havaí e Guam, e na Coreia do Sul”, disse Kim Jong-Un, citado pela agência de notícias oficial norte-coreana KCNA.

Com a tensão aumentando na península coreana, dois B-2 fizeram voos de treino nesta quinta-feira, sobre a Coreia do Sul, para sublinhar o compromisso dos EUA na sua aliança militar com Seul, na eventualidade de uma agressão por parte do Norte.
Kim Jong-Un afirmou que os voos dos bombardeiros furtivos foram mais do que uma simples demonstração de força e correspondem a um “ultimato dos EUA de que vão começar uma guerra nuclear a todo custo”.

Na reunião de emergência, estiveram o chefe do Exército Popular e o comandante das operações com mísseis estratégicos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email