Coreia do Sul suspende exercícios militares para garantir diplomacia com Coreia do Norte

O governo da Coreia do Sul anunciou nesta terça-feira (10) a suspensão de exercícios militares, para garantir a continuidade do diálogo diplomático com a vizinha Coreia do Sul

Coreia do Sul suspende exercícios militares para garantir diplomacia com Coreia do Norte
Coreia do Sul suspende exercícios militares para garantir diplomacia com Coreia do Norte (Foto: Korea Summit Press Pool/Pool via Reuters)

247, com Sputnik - A Coreia do Sul suspendeu seus exercícios de defesa civil de verão, sempre encarados como provocações pela República Popular democrática a Coreia (RPDC). O objetivo da medida sul-coreana é manter viva uma atmosfera positiva para a diplomacia nuclear com Pyongyang.

A decisão de Seul nesta terça-feira (10) de "suspender temporariamente" os exercícios civis em todo o país foi antecipada desde que os Estados Unidos e a Coreia do Sul suspenderam seus exercícios militares anuais após uma cúpula em 12 de junho último entre o presidente Donald Trump e o líder norte-coreano Kim Jong-un.

Os exercícios militares da Coreia do Sul com Washington eram chamados de "Freedom Guardian", algo como "guardião da liberdade", em tradução livre.

Ruas em cidades sul-coreanas congelavam de medo, ao som de sirenes de ataques aéreos todos os anos durante os exercícios, com carros parando nas ruas, pedestres entrando em prédios e estações de metrô, e funcionários do governo evacuando seus escritórios.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247