Correa deixa Presidência do Equador nesta terça

Presidente do Equador, Rafael Correa está licenciado do cargo até 14 de fevereiro para se dedicar à campanha pela reeleição

Correa deixa Presidência do Equador nesta terça
Correa deixa Presidência do Equador nesta terça
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Renata Giraldi
Repórter da Agência Brasil

Brasília - O presidente do Equador, Rafael Correa, está licenciado do cargo a partir desta terça-feira 15 até 14 de fevereiro, conforme autorização aprovada pelos parlamentares, para se dedicar à campanha presidencial. Em fevereiro, ele disputará o segundo mandato. Por um mês, a Presidência da República do Equador será ocupada pelo vice-presidente Lenin Moreno Garcés.

Pelas pesquisas de intenção de voto, Correa, de 49 anos, é apontado como favorito. Segundo assessores, ele pretende usar os 30 dias da licença para percorrer o país e colaborar com os aliados que tentam obter a maioria dos 137 assentos da Assembleia Nacional.

Correa disputa as eleições com Lúcio Gutiérrez (Sociedade Patriótica), Álvaro Noboa (Prian), Nelson Zavala (PRE), Alberto Acosta (UPI), Guillermo Lasso (Creo) e Mauricio Rodas (Suma). O presidente em exercício disse que seu trabalho "vai triplicar".

O primeiro turno das eleições presidenciais no Equador ocorre em 17 de fevereiro. O segundo será em 7 de abril.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email