Correa denuncia espionagem contra latinos

O presidente equatoriano, Rafael Correa, denunciou a existência de uma operação de espionagem contra a Argentina, a Colômbia, o Equador e a Venezuela; segundo ele, foram interceptados e-mails e chamadas telefônicas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Leandra Felipe*
Correspondente da Agência Brasil/EBC

Bogotá - O presidente equatoriano, Rafael Correa, denunciou hoje (21) a existência de uma operação de espionagem contra a Argentina, a Colômbia, o Equador e a Venezuela. Segundo ele, trata-se de um caso diferente da denúncia feita pelo ex-agente Edward Snowden.
 
Correa disse que foram interceptados e-mails e chamadas telefônicas, mas não mencionou a fonte da informação, que, segundo ele, teria participado da operação. “Continuamos investigando quem coordenou esta espionagem massiva, que é diferente da denunciada por Snowden. Mas sabemos que espionaram nosso governo, o governo de [Juan Manuel] Santos [Colômbia], o venezuelano e o argentino”, disse.

O presidente equatoriano garantiu que ter provas dos grampos utilizados nas chamadas telefônicas e de que seus e-mails foram grampeados. “Temos provas disso, não é que estamos suspeitando”, disse.

Edward Snowden é ex-funcionário de uma empresa terceirizada que prestava serviços à Agência de Segurança Nacional norte-americana (NSA) e revelou um programa global de vigilância americano. Snowden está temporariamente asilado na Rússia.

* Com informações da TV Multiestatal Telesur

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email