Corrida eleitoral começa na Venezuela e Maduro é favorito

Corrida eleitoral presidencial da Venezuela começou nesta quarta-feira, com o atual presidente e favorito, Nicolás Maduro, sinalizando uma plataforma "anti-Trump", enquanto adversários desmoralizados lutam por um candidato e temem uma votação injusta

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, faz discurso semanal em Caracas 17/109/2017 Divulgação Palácio de Miraflores via REUTERS
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, faz discurso semanal em Caracas 17/109/2017 Divulgação Palácio de Miraflores via REUTERS (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - A corrida eleitoral presidencial da Venezuela começou nesta quarta-feira, com o atual presidente e favorito, Nicolás Maduro, sinalizando uma plataforma “anti-Trump”, enquanto adversários desmoralizados lutam por um candidato e temem uma votação injusta.

Adversários dizem que Maduro, de 55 anos e ex-motorista de ônibus que sucedeu Hugo Chávez em 2013, arruinou a economia que já foi próspera, transformou a Venezuela em uma ditadura e distorceu o sistema eleitoral para perpetuar o poder do Partido Socialista.

Autoridades dizem estar lutando contra uma conspiração da direita liderada pelos Estados Unidos que busca acabar com o socialismo na América Latina, enfraquecer a economia da Venezuela e roubar a riqueza petrolífera do país.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247