Coxinha mexicano: “se Obrador ganhar vou fugir para a Suécia”

Nos bairros mais ricos da Cidade do México, Polanco ou Lomas de Chapultepec, os burgueses andavam com cara de susto" informa Eduardo Febbro, na Página 12. "Um rapaz loiro perguntava, andando pelas ruas de Polanco, onde ficava sua zona eleitoral. Depois que o orientaram, ele saiu dizendo: 'que horror, se López Obrador ganhar, eu vou fugir para a Suécia'

Coxinha mexicano: “se Obrador ganhar vou fugir para a Suécia”
Coxinha mexicano: “se Obrador ganhar vou fugir para a Suécia” (Foto: REUTERS/Carlos Jasso)

247 - "Nos bairros mais ricos da Cidade do México, Polanco ou Lomas de Chapultepec, os burgueses andavam com cara de susto" informa Eduardo Febbro, na Página 12. "Um rapaz loiro perguntava, andando pelas ruas de Polanco, onde ficava sua zona eleitoral. Depois que o orientaram, ele saiu dizendo: 'que horror, se López Obrador ganhar, eu vou fugir para a Suécia'. Essa classe dominante que defendeu seus privilégios e sua impunidade a ponta de pistolas e subornos tem uma máscara de terror. Os outros setores sociais oscilam entre o entusiasmo, a felicidade que respiram os fins de ciclo e a incerteza. López Obrador foi o adversário radical desse modelo de opressão que perdurou durante décadas e décadas".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247