Cresce apoio a novo referendo sobre saída da UE

Mais de 2 milhões de pessoas já assinaram petição ao Parlamento para que o Reino Unido celebre um segundo referendo sobre a União Europeia ; na consulta da última quinta-feira (23), 51,9% dos eleitores britânicos escolheram romper os laços entre o Reino Unido e o bloco; o Parlamento afirmou que considerará este pedido para debate, o que se compromete a fazer com todas as iniciativas cidadãs que reúnam mais de 100 mil assinaturas; o referendo teve 72,1% de participação da população

Mais de 2 milhões de pessoas já assinaram petição ao Parlamento para que o Reino Unido celebre um segundo referendo sobre a União Europeia ; na consulta da última quinta-feira (23), 51,9% dos eleitores britânicos escolheram romper os laços entre o Reino Unido e o bloco; o Parlamento afirmou que considerará este pedido para debate, o que se compromete a fazer com todas as iniciativas cidadãs que reúnam mais de 100 mil assinaturas; o referendo teve 72,1% de participação da população
Mais de 2 milhões de pessoas já assinaram petição ao Parlamento para que o Reino Unido celebre um segundo referendo sobre a União Europeia ; na consulta da última quinta-feira (23), 51,9% dos eleitores britânicos escolheram romper os laços entre o Reino Unido e o bloco; o Parlamento afirmou que considerará este pedido para debate, o que se compromete a fazer com todas as iniciativas cidadãs que reúnam mais de 100 mil assinaturas; o referendo teve 72,1% de participação da população (Foto: Realle Palazzo-Martini)

247 - Mais de 2 milhões de pessoas já assinaram até a tarde deste sábado (25) uma petição ao Parlamento para que o Reino Unido celebre um segundo referendo sobre a União Europeia (UE). O site petition.parliament.uk chegou a travar com a grande quantidade de pedidos por uma segunda consulta. O texto, impulsionado por um cidadão identificado como William Oliver Healey, pede aos deputados a "implementação de uma norma pela qual se o voto para sair ou ficar (na UE) for inferior a 60%, com uma participação inferior de 75%, deveria ser convocado outro referendo.

O Parlamento afirmou que considerará este pedido para debate, o que se compromete a fazer com todas as iniciativas cidadãs que reúnam mais de 100 mil assinaturas. Uma comissão vai se reunir na próxima terça-feira, quando poderá decidir se aprova a realização de um debate sobre o assunto.

No referendo da última quinta-feira (23), 51,9% dos eleitores britânicos escolheram romper os laços entre o Reino Unido e o bloco comunitário, contra 48,1% que preferiam continuar na UE, em uma consulta que teve 72,1% de participação da população.

A decisão, porém, revelou grandes divisões dentro do Reino Unido. Escócia e Irlanda do Norte, além de grandes cidades como Londres, votaram a favor da permanência do bloco. Após o anúncio do resultado, o premiê britânico, David Cameron, anunciou que vai renunciar em outubro. 

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247