Curto-circuito é causa provável de incêndio na Notre Dame, dizem investigadores

Investigadores acreditam que a causa mais provável do incêndio na Catedral de Notre-Dame foi um curto-circuito elétrico, disse uma autoridade da polícia francesa ao jornal Le Parisien; investigadores "teriam levantado questões relativas aos mecanismos de elevação usados ​​no trabalho de reparo", considerando um curto-circuito como a possível causa do incêndio da catedral gótica, datada do século XII, na noite de segunda-feira

Curto-circuito é causa provável de incêndio na Notre Dame, dizem investigadores
Curto-circuito é causa provável de incêndio na Notre Dame, dizem investigadores (Foto: Reprodução TV)

Sputnik - Investigadores acreditam que a causa mais provável do incêndio na Catedral de Notre-Dame foi um curto-circuito elétrico, disse uma autoridade da polícia francesa nesta quinta-feira.

O jornal Le Parisien informou que investigadores "levantaram questões relativas aos mecanismos de elevação usados ​​no trabalho de reparo", considerando um curto-circuito como a possível causa do incêndio.

A histórica catedral gótica, datada do século XII, pegou fogo na noite de segunda-feira. O prédio foi fortemente danificado no incêndio e 2/3 do telhado de madeira da catedral foram destruídos no incêndio. A torre principal e o relógio desabaram, mas as duas torres principais sobreviveram.
Enquanto isso, a Heritage Foundation da França, que lançou uma campanha nacional de arrecadação de fundos para a restauração do marco histórico, anunciou que arrecadou US$ 15 milhões.

O montante total prometido já atingiu US$ 1 bilhão. Muitas empresas, incluindo a L'Oreal, o maior grupo de cosméticos do mundo, a empresa de artigos de luxo LVMH e a holding Artemis, além de importantes empresários, prometeram grandes somas de dinheiro para a restauração da famosa catedral.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247