Dilma convida chefes de Estado da região para JMJ

O convite para os chefes de estado da América do Sul é para um dos eventos mais importantes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Rio de Janeiro, que começa no próximo dia 22; trata-se da Missa de Envio e Angelus, com a presença do papa Francisco, que encerrará a jornada no domingo, a partir das 10h

Dilma convida chefes de Estado da região para JMJ
Dilma convida chefes de Estado da região para JMJ (Foto: Roberto Stuckert Filho)

Débora Zampier
Repórter da Agência Brasil

Brasília – A presidenta da República, Dilma Rousseff, convidou chefes de estado da América do Sul para um dos eventos mais importantes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), no Rio de Janeiro, que começa no próximo dia 22. Trata-se da Missa de Envio e Angelus, com a presença do papa Francisco, que encerrará a jornada no domingo (28), a partir das 10h.

O convite aos chefes de Estado foi expedido no final da semana passada pelo Itamaraty, por meio de articulação com as embaixadas. O órgão informou que, em um primeiro momento, não pretende divulgar confirmações de presenças, mas que a estratégia pode ser alterada por opção da Presidência da República, responsável por organizar o evento.

A Missa de Envio e Angelus é o único evento público que terá a presença simultânea da presidenta Dilma Rousseff e do papa Francisco. Ela decidiu estender o convite aos líderes dos países vizinhos devido à importância da visita inaugural do primeiro pontífice latinoamericano a um país da América do Sul.

A Jornada Mundial da Juventude será o primeiro evento internacional prestigiado pelo papa Francisco, que assumiu o cargo em março. Estima-se público entre 1,5 milhão e 2 milhões de pessoas.

Edição: Fernando Fraga

 

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247