Diretor geral da Lamia é preso na Bolívia

O diretor geral da companhia aérea LaMia, Gustavo Vargas Gamboa, foi detido na Bolívia, juntamente com dois funcionários da empresa, e foi levado à procuradoria de Santa Cruz, segundo informou nesta terça-feira a imprensa local; A aeronave da companhia caiu na Colômbia, na terça-feira passada, há 50 quilómetros de Medelín. A bordo do avião estavam 77 pessoas — 10 membros da tripulação e 68 passageiros, incluindo os jogadores e membros da equipe do Chapecoense

O diretor geral da companhia aérea LaMia, Gustavo Vargas Gamboa, foi detido na Bolívia, juntamente com dois funcionários da empresa, e foi levado à procuradoria de Santa Cruz, segundo informou nesta terça-feira a imprensa local; A aeronave da companhia caiu na Colômbia, na terça-feira passada, há 50 quilómetros de Medelín. A bordo do avião estavam 77 pessoas — 10 membros da tripulação e 68 passageiros, incluindo os jogadores e membros da equipe do Chapecoense
O diretor geral da companhia aérea LaMia, Gustavo Vargas Gamboa, foi detido na Bolívia, juntamente com dois funcionários da empresa, e foi levado à procuradoria de Santa Cruz, segundo informou nesta terça-feira a imprensa local; A aeronave da companhia caiu na Colômbia, na terça-feira passada, há 50 quilómetros de Medelín. A bordo do avião estavam 77 pessoas — 10 membros da tripulação e 68 passageiros, incluindo os jogadores e membros da equipe do Chapecoense (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agência Sputinik

O diretor geral da companhia aérea LaMia, Gustavo Vargas Gamboa, foi detido na Bolívia, juntamente com dois funcionários da empresa, e foi levado à procuradoria de Santa Cruz, segundo informou nesta terça-feira a imprensa local.

A aeronave da companhia caiu na Colômbia, na terça-feira passada, há 50 quilómetros de Medelín. A bordo do avião estavam 77 pessoas — 10 membros da tripulação e 68 passageiros, incluindo os jogadores e membros da equipe do Chapecoense. 

“Foi emitido um mandado de prisão para o chefe da companhia e mandado de apreensão de documentos. No total, seis pessoas estão sendo investigadas e três delas serão detidas”, informou uma fonte na procuradoria à agência ABI.

Segundo o procurador, o sócio da LaMia, Marco Antonio Rocha Venegas, também está sendo investigado. O terceiro sócio da empresa, Miguel Quiroga, morreu no acidente. Mais cedo, o presidente da Bolívia, Evo Morales, admitiu que Vargas Gamboa já teria sido seu piloto particular.

Mostrar mais: https://br.sputniknews.com/mundo/201612077083395-diretor-LaMia-detido-Bolivia/

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247