Assine 247

Dividida, Ucrânia entraria em default, alerta S&P

Agência de classificação de risco Standard & Poor's ressalta que o atual rating "CCC" já indica o perigo claro e presente de default; a Rússia já anexou a região ucraniana da Crimeia e as tensões estão crescendo em outras partes do país; pelo menos 42 pessoas foram mortas na sexta-feira em combates entre manifestantes pró e contra a Rússia na cidade portuária de Odessa, no Mar Negro

www.brasil247.com - Agência de classificação de risco Standard & Poor's ressalta que o atual rating "CCC" já indica o perigo claro e presente de default; a Rússia já anexou a região ucraniana da Crimeia e as tensões estão crescendo em outras partes do país; pelo menos 42 pessoas foram mortas na sexta-feira em combates entre manifestantes pró e contra a Rússia na cidade portuária de Odessa, no Mar Negro
Agência de classificação de risco Standard & Poor's ressalta que o atual rating "CCC" já indica o perigo claro e presente de default; a Rússia já anexou a região ucraniana da Crimeia e as tensões estão crescendo em outras partes do país; pelo menos 42 pessoas foram mortas na sexta-feira em combates entre manifestantes pró e contra a Rússia na cidade portuária de Odessa, no Mar Negro (Foto: Realle Palazzo-Martini)


ASTANA (Reuters) - A Ucrânia provavelmente vai dar calote na dívida internacional se perder mais território, alertou no sábado (3) a agência de classificação de risco Standard & Poor's, ressaltando que o atual rating "CCC" já indica o perigo claro e presente de default.

"Se a Ucrânia perder parte de sua integridade territorial, provavelmente não será capaz de quitar seus empréstimos", disse à Reuters o chairman do comitê de ratings soberanos da S&P, John Chambers, em Astana, capital do Cazaquistão.

A Rússia já anexou a região ucraniana da Crimeia e as tensões estão crescendo em outras partes do país. Pelo menos 42 pessoas foram mortas nesta sexta-feira em combates entre manifestantes pró e contra a Rússia na cidade portuária de Odessa, no Mar Negro.

A S&P cortou em fevereiro a classificação de risco da Ucrânia para "CCC" em fevereiro com perspectiva negativa e até mesmo destacou que a situação política havia se deteriorado significativamente e que vê risco de calote.

(Reportagem de Dmitry Solovyov)

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247