Dono do Infowars, Alex Jones é condenado nos EUA por desinformação

Ativista de extrema direita Alex Jones foi sentenciado a pagar US$ 4,11 milhões por espalhar mentiras sobre o massacre de Sandy Hook

www.brasil247.com - Alex Jones
Alex Jones (Foto: Reuters)


Por Deutsche Welle - Dono do site de desinformação Infowars, o ativista de extrema direita americano Alex Jones foi condenado pela primeira vez pela Justiça dos EUA por espalhar informações falsas, negando a existência do pior atentado a uma escola na história dos Estados Unidos: o massacre de Sandy Hook, em 2012, em que 20 crianças com idade entre seis e sete anos e seis funcionários foram mortos por um jovem de 20 anos com livre acesso a armas de fogo.

A decisão da Justiça do estado do Texas sentenciou Jones nesta quinta-feira (05/08) ao pagamento de indenização no valor de US$ 4,11 milhões (R$ 21,4 milhões) à família de uma das crianças mortas no ataque. O valor total pode ser ainda maior, já que os pais, Neil Heslin e Scarlett Lewis, ainda aguardam decisão do tribunal em Austin sobre o valor de outras indenizações.

O jornalista alegou falsamente que o tiroteio em Sandy Hook havia sido uma "encenação” orquestrada por interessados em aumentar o controle sobre armas nos Estados Unidos - no país, famoso pelo acesso fácil a armas de fogo e massacres recorrentes, há menos cidadãos que armas em poder de civis.

Leia a íntegra na DW.

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247