EI assume autoria de ataque que matou 58 em Las Vegas

O grupo Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque em Las Vegas na noite deste domingo; de acordo com o SITE Intel Group, que monitora sites jihadistas, a informação foi anunciada pela agência Amaq News, ligada ao EI; o atirador de Las Vegas havia se convertido ao islamismo meses atrás. O atirador foi identificado como Stephen Paddock, de 64 anos; ele disparou do 32º andar do Mandalay Bay, um famoso cassino e resort da cidade, contra uma multidão que participava de um festival de música

padock, Las Vegas
padock, Las Vegas (Foto: Aquiles Lins)

247 - O grupo Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque em Las Vegas na noite deste domingo. De acordo com o SITE Intel Group, que monitora sites jihadistas, a informação foi anunciada pela agência Amaq News, ligada ao EI.

De acordo com a Amaq News, o atirador de Las Vegas havia se convertido ao islamismo meses atrás. O atirador foi identificado como Stephen Paddock, de 64 anos. Ele disparou do 32º andar do Mandalay Bay, um famoso cassino e resort da cidade, contra uma multidão que participava de um festival de música. A ação já é considerada o ataque a tiros mais letal da história dos Estados Unidos, segundo a Associated Press.

O homem abriu fogo do 32º andar do hotel Mandalay Bay, apontando a arma para participantes do festival de música country, nos arredores. A tragédia se tornou o maior caso de matança maciça nos EUA em tiroteio.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247