EI reivindica ataque a trem na Alemanha

Grupo extremista Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade por um ataque com machado de um refugiado afegão em um trem no sul da Alemanha, que resultou em quatro passageiros feridos; bandeira do grupo, desenhada a mão, foi encontrada no alojamento do agressor

Grupo extremista Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade por um ataque com machado de um refugiado afegão em um trem no sul da Alemanha, que resultou em quatro passageiros feridos; bandeira do grupo, desenhada a mão, foi encontrada no alojamento do agressor
Grupo extremista Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade por um ataque com machado de um refugiado afegão em um trem no sul da Alemanha, que resultou em quatro passageiros feridos; bandeira do grupo, desenhada a mão, foi encontrada no alojamento do agressor (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O Estado Islâmico reivindicou a responsabilidade nesta terça-feira por um ataque com machado de um refugiado afegão em um trem no sul da Alemanha, de acordo com sua agência de notícias online Amaq.

"O agressor do ataque a machadadas na Alemanha era um dos combatentes do Estado Islâmico e realizou a operação em resposta a pedidos para atacar os países da coalizão que luta contra o Estado Islâmico", de acordo com o comunicado.

Uma bandeira do grupo, desenhada a mão, foi encontrada no alojamento do agressor, disse uma autoridade nesta terça-feira.

O jovem de 17 anos feriu quatro passageiros antes de ser morto a tiros pela polícia na noite de segunda-feira, dias após um tunisiano jogar um caminhão contra uma multidão e matar 84 pessoas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247