Eleição de americano para o BID consolida submissão do Brasil aos interesses dos EUA, dizem analistas

Para analistas internacionais, a eleição do cubano-americano Mauricio Claver-Carone para a presidência do BID, que deverá ser realizada neste final de semana, consolida a submissão automática do Brasil aos interesses dos EUA e a renúncia do país à liderança regional

(Foto: Brasil247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A possível eleição de Mauricio Claver-Carone para a presidência do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que deverá ser realizada neste final de semana, consolida a submissão automática do Brasil aos interesses dos Estados Unidos, além de representar a renúncia da liderança regional, dizem analistas interacionais. 

Em entrevista ao jornal O Globo, Claudio Puty, ex-secretário Internacional do Ministério do Planejamento e professor da Universidade Federal do Pará, destacou que a eleição de Claver-Carone para o comando do BID aponta que o Brasil “não fez seu trabalho”. Desmontamos todas as instituições de articulação regional”, disse. 

O professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (USP) Feliciano de Sá Guimarães observou que a eleição do cubano-americano para o comando do BID “será, também, uma vitória de Bolsonaro, porque hoje a identidade da política externa brasileira é com países ocidentais e cristãos, governos conservadores que lutam contra o que eles chamam de globalismo”.

“Este grupo de governos quer reformar instituições como o BID e fazê-las à sua imagem e semelhança. Para o Brasil de hoje, a América Latina é vista como problema e não mais como solução”, complementou.  

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247