Em Berlim, 17 mil pessoas vão às ruas contra medidas impostas devido ao coronavírus

Um protesto de aproximadamente 17 mil pessoas em Berlim foi organizado para comemorar o que os alemães acreditam ser o fim da pandemia

Alemães protestam contra medidas impostas pela Covid-19
Alemães protestam contra medidas impostas pela Covid-19 (Foto: REUTERS / CHRISTIAN MANG - REUTERS / FABRIZIO BENSCH)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Sputnik - Aproximadamente 17 mil pessoas foram às ruas de Berlim neste sábado (1º) para protestar sobre as medidas contra a COVID-19 impostas pelo governo alemão, informou o jornal Berliner Zeitung, citando a polícia local.

Segundo publicou o jornal alemão, o evento foi organizado pelo grupo Querdenken 711, da cidade de Stuttgart, para comemorar o que eles acreditam ser o fim da pandemia.

Ainda conforme a publicação, os organizadores classificaram a data como "o dia da liberdade". O ato, no entanto, originalmente esperava reunir apenas mil pessoas.

Segundo a polícia de Berlim, os policiais estão pedindo aos participantes que sigam as precauções de saúde necessárias, mas seus pedidos são ignorados. A polícia enviou um helicóptero para avaliar melhor a situação.

Até o momento, a Alemanha confirmou um total de 208.698 casos, com um número de mortes de 9.141. No mundo inteiro, a COVID-19 já infectou cerca de 17,5 milhões de pessoas e mais de 678 mil pessoas morreram devido à doença, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247