Em meio a tensão com Irã, Reino Unido despacha destróier para o Golfo Pérsico

Destróier Type 45 está navegando rumo ao Golfo Pérsico, aonde deverá chegar em alguns dias; Reino Unido prometeu aumentar a sua presença militar naa região, mas não participará da coligação marítima global proposta por Washington, que alega que o Irã seria o responsável por ataques a dois petroleiros no golfo de Omã

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sputnik - Um destróier Type 45 está navegando rumo ao golfo Pérsico, aonde chegaria daqui a alguns dias, depois de concluir exercícios da Aliança Atlântica no mar Negro, segundo mídia.

O Reino Unido prometeu aumentar a sua presença militar no golfo Pérsico enviando um segundo navio de guerra para a região tensa, informou a Sky News nesta sexta-feira (12). O HMS Duncan vai executar funções ao lado da fragata HMS Montrose da Marinha Real Britânica e dos aliados dos EUA no golfo, mas não participará da coligação marítima global proposta por Washington.

A notícia surge após a premiê britânica Theresa May ter iniciado conversações com as autoridades norte-americanas sobre o reforço da presença transatlântica no golfo Pérsico, na sequência de alegados ataques a dois petroleiros no golfo de Omã.

O Ministério da Defesa do Reino Unido se recusou a comentar a decisão, informou Sky News, mas disse que entendia que o HMS Duncan seria acompanhado por quatro navios caça-minas estacionados na região, bem como por um navio auxiliar.

Aumento de tensão no golfo Pérsico

Tensões entre Teerã e Londres dispararam depois de a Marinha Real Britânica trabalhar com as autoridades de Gibraltar para deter o superpetroleiro Grace 1 do Irã, que, segundo as autoridades britânicas, estaria transportando 2,1 milhões de barris de petróleo para a Síria, o que seria violação das sanções da UE.

O clérigo iraniano Kazem Sedighi se referiu à ação britânica como um "jogo perigoso" com "consequências" e ameaçou Londres com "esbofeteada na cara" por suas ações. Os comentários também foram feitos após o HMS Montrose ter bloqueado navios que seriam barcos de patrulha iranianos, que estariam tentando bloquear um petroleiro da empresa BP navegando no estreito de Ormuz.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247