Em nova incursão, aviação israelense bombardeia alvos em Gaza

Aviação militar israelense bombardeou dezenas de alvos na Faixa de Gaza neste sábado (14) como resposta a ataques de morteiros, desordens na fronteira e lançamento de pipas com substâncias incendiárias, segundo informações do Exército de Defesa de Israel; ataque foi chamado de terceira onda de bombardeios do enclave desde a noite passada; de acordo com fontes de segurança e testemunhas palestinas, os caças atingiram alvos do Hamas sem causar quaisquer feridos

Em nova incursão, aviação israelense bombardeia alvos em Gaza
Em nova incursão, aviação israelense bombardeia alvos em Gaza

Sputnik - Segundo as informações do Exército de Defesa de Israel, a aviação israelense bombardeou dezenas de alvos na Faixa de Gaza neste sábado (14).

A aviação de Israel atingiu dezenas de alvos de militantes palestinos na Faixa de Gaza em resposta a ataques de morteiros, desordens na fronteira e lançamento de pipas com substâncias incendiárias, segundo informou o serviço de imprensa do Exército.

O ataque foi chamado de terceira onda de bombardeios do enclave desde a noite passada.

"Durante a última hora, a Força Aérea de Israel atacou dezenas de alvos no território de quatro complexos militares que pertencem à organização terrorista Hamas", diz o comunicado.

O principal alvo do bombardeio, segundo os militares israelenses, foi a sede das formações militares do Hamas, movimento que controla a Faixa de Gaza na cidade de Beit Lahiya, na parte norte do enclave.

De acordo com fontes de segurança e testemunhas palestinas, os caças atingiram alvos do Hamas sem causar quaisquer feridos, comunica a AFP.

Os militares israelenses recomeçaram os ataques aéreos contra alvos do Hamas na Faixa de Gaza no sábado (14) à tarde em decorrência das desordens na fronteira, durante as quais dois palestinos, incluindo um adolescente, foram mortos e dezenas ficaram feridos.

Segundo o representante do Exército israelense Jonathan Konrikus, os militantes palestinos lançaram neste sábado (14), a partir da Faixa de Gaza, pelo menos 20 foguetes e minas contra o sul de Israel, além dos cerca de 35 lançamentos noturnos.

Ele acrescentou que não possui informações sobre feridos da parte israelense.

Conheça a TV 247

Mais de Mundo

Ao vivo na TV 247 Youtube 247